Comércio de marfim é proibido na China

0

No final do ano passado, a China decretou o fim do comércio de marfim. “A partir de hoje, a compra e venda de marfim e de produtos derivados por parte de mercados, lojas e comerciantes é ilegal”, declarou o Ministério das Florestas em uma rede social.

Também ressaltou que, qualquer pessoa que disser que é vendedor de marfim, estará violando as leis do país. A China já liderou a lista mundial do mercado de contrabando de presas de elefante.

Comércio de marfim já matou milhares de elefantes na África

A demanda por presas de elefantes é responsável pelo massacre de milhares destes animais na África.

Muito cobiçado na China e considerado um símbolo de status social, o marfim chegava a custar até 1.100 dólares o quilo.

Leia a matéria completa no G1.

*Fonte: G1

*Imagem: Unplash



Deixe seu comentário