Qual o papel da vitamina C na saúde das crianças?

0

A vitamina C promove diversos benefícios à saúde, inclusive das crianças. De acordo com a nutricionista Carolina Pimentel, o ácido ascórbico (como também é conhecida a vitamina C), além de facilitar a absorção do ferro, ajuda a fortalecer o sistema imunológico, tão importante para o desenvolvimento infantil. A profissional explica mais sobre essa molécula hidrossolúvel e indica suas principais fontes no artigo a seguir.

*Por Carolina Pimentel para o site Alimente o Futuro e todas as mães

As vitaminas são micronutrientes essenciais ao desenvolvimento e crescimento, principalmente na infância. Como são essenciais, o corpo humano não é capaz de produzir e, por isso, devem, necessariamente, ser obtidas por meio da dieta. Cada vitamina possui uma ação diferente, principalmente na manutenção da saúde e prevenção de doenças.

Entre as vitaminas mais conhecidas, podemos citar a vitamina C ou ácido ascórbico, que tem sido relacionada a diversos efeitos à saúde. Ela faz parte de um grupo de vitaminas chamadas hidrossolúveis, ou seja, são solúveis em água e, por isso, o organismo não é capaz de armazená-la, necessitando ser consumida todos os dias. Mas, afinal, qual é o papel desta vitamina?

Papel da vitamina C

Entre as principais funções da vitamina C, podemos destacar:

– Facilita a absorção do ferro não heme dos alimentos (o ferro proveniente de alimentos vegetais);

– Melhora do sistema imunológico;

– Importante na cicatrização de feridas;

– Essencial na síntese de colágeno (proteína que dá sustentação à pele).

Quais são os alimentos fontes de vitamina C?

De forma geral, a vitamina C está contida principalmente nas frutas e vegetais. As frutas cítricas, as vermelhas, os tomates, os vegetais verde-escuros, como o brócolis e espinafre, couve-flor, morangos, são excelentes fontes dessa molécula hidrossolúvel.

A recomendação de ingestão de vitamina C varia conforme a idade e o sexo, sendo diferente para cada fase da vida:

– Bebês de 7 a 12 meses: 50 mg;

– Crianças de 1 a 3 anos: 15 mg;

– Crianças de 4 a 8 anos: 25 mg;

– Meninas de 9 a 13 anos: 45 mg;

– Meninos de 9 a 13 anos: 45 mg;

Para exemplificar quanto representa o consumo desta vitamina em alimentos, vamos citar algumas fontes e a quantidade de ácido ascórbico nelas.

– Laranja (1 unidade pequena): 42 mg de vitamina C;

– Morangos (5 unidades médias): 42 mg de vitamina C;

– Brócolis cozido (5 colheres de sopa): 38 mg de vitamina C;

– Suco de frutas enriquecido: 20 – 45 mg de vitamina C.

Agora que você já conhece as principais fontes dessa vitamina, fica fácil garantir as doses diárias recomendadas.

Carolina Pimentel é nutricionista e professora universitária. Autora do livro “Alimentos Funcionais: Introdução aos compostos bioativos”, realiza consultorias para o setor privado, com ênfase em alimentos, nutrientes, bioativos, dietas vegetarianas e estilo de vida saudável.

*Fonte: Carolina Pimentel

*Imagem: divulgação

 



Deixe seu comentário