Cresce a permissão das visitas de animais a hospitais no Brasil

0

As visitas de animais a hospitais estão sendo cada vez mais permitidas no Brasil. Em novembro de 2018, o prefeito de Fortaleza (Ceará), Roberto Cláudio, sancionou a lei de nº 10.796, que libera a entrada de animais em centros hospitalares da cidade. A nova norma garante a visitação em hospitais públicos, privados, contratados, conveniados e cadastrados no SUS (Sistema Único de Saúde), de Fortaleza.

As visitas já são permitidas em outras cidades do Brasil, como São Paulo, por exemplo. Em fevereiro de 2018, o então prefeito João Dória aprovou a lei que permite a entrada de cães e gatos em hospitais públicos do município.

Tanto na capital cearense como na paulistana, os animais precisam seguir alguns protocolos antes de entrarem nesses espaços. A carteira de vacinação deles tem que estar atualizada e eles devem possuir acessórios de proteção. Além disso, precisam ser conduzidos dentro de caixas de transporte, entre outras regras de cada estabelecimento.

A liberação dos animais em hospitais está se expandindo em outras capitais brasileiras. Na cidade de Curitiba, no Paraná, há um projeto de lei em tramitação na Câmara Municipal, que prevê a liberação de animais em hospitais públicos e particulares.

No Rio de Janeiro também está em fase de votação na Câmara dos Vereadores o projeto de lei que autoriza a entrada de animais domésticos e de estimação em hospitais municipais.

Benefícios das visitas de animais em hospitais

Muitos especialistas da área médica defendem as visitas de animais a hospitais devido aos benefícios que elas acarretam aos pacientes. O Cremesp (Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo) apoia o procedimento. “A terapia assistida por animais, mais conhecida como pet terapia, é uma técnica cientificamente comprovada que busca humanizar a assistência em saúde a partir do contato com animais, beneficiando a recuperação emocional e física dos pacientes”, declara a entidade em nota oficial (veja aqui).

De acordo com uma pesquisa, as visitas de animais a pacientes melhoram os sintomas causados por depressão e estresse. Isso é provocado devido à liberação de ocitocina, hormônio que está ligado à sensação de prazer (leia aqui).

Conforme a psicóloga Karina Schutz, os animais são utilizados em terapias no mundo todo. Os tratamentos com animais estão gerando resultados positivos nos pacientes (confira mais aqui). Nos Estados Unidos, por exemplo, os animais são permitidos em vários hospitais, inclusive em UTI’s (Unidade de Tratamento Intensivo).

*Fontes: Setor Saúde; O Povo; Veja; Gazeta do Povo; G1

*Imagem: Inaê Brandão/G1 RR

 



Deixe seu comentário