Estudo revela que 45% dos veganos se sentem discriminados no trabalho

0

Uma pesquisa revelou que 45% dos veganos se sentem discriminados em seu ambiente de trabalho. O estudo mostrou também que muitos empregadores têm preconceito contra quem não consome produtos de origem animal. Veja a seguir mais detalhes do levantamento.

*Por Maria Chiorando para o Plant Based News

Cerca de 45% dos veganos se sente discriminado por seus empregadores, de acordo com um novo estudo (acesse a pesquisa aqui).

A pesquisa, conduzida pelo escritório britânico de advocacia Crossland Employment Solicitors, interrogou 1.000 veganos sobre suas experiências no local de trabalho.

Dos entrevistados, 45% disseram que se sentem discriminados. Outros 31% revelaram que se sentiram perseguidos no trabalho ou injustamente tratados devido à adoção ao veganismo.

Pesquisa mostra que muitas empresas têm preconceito contra veganos

O levantamento também entrevistou 1.000 empregadores e descobriu que quase metade (48%) não faz nada para que o ambiente de trabalho seja bom para os quem não consome nada de origem animal.

Talvez o mais surpreendente seja que 3% deles informaram que não contratariam alguém se soubessem que são veganos. Segundo a Crossland Employment Solicitors, isso é contra a legislação.

Cerca de um quarto dos empregadores (24%) acredita que a maioria das pessoas se torna vegana para estar na moda ou perder peso. E, quase um terço (30%), disse que o fornecimento de alimentos para adeptos do veganismo é caro ou difícil.

Discriminação contra veganos

“Nossa pesquisa mostra que atitudes preconceituosas em relação aos trabalhadores veganos são endêmicas entre os empregadores “, disse Beverley Sunderland, diretora administrativa da Crossland Solicitors.

“Nós aconselhamos que os empregadores tomem medidas em relação aos que são depreciativos contra os adeptos do veganismo”, aconselha a diretora.

“Afinal, se um funcionário estava zombando da religião de alguém, do sexo ou da raça, um empregador não hesitaria em tomar medidas sérias”, argumenta Beverley Sunderland.

*Fonte: Plant Based News

*Imagem: divulgação

Você também pode gostar de ler:

Relatório mostra que pessoas acima de 60 anos estão adotando mais o veganismo

Perdi amigos quando me tornei vegano – agora estou muito mais feliz

5 maneiras de ajudar seus amigos a adotarem hábitos veganos



Deixe seu comentário