Como os produtos veganos, naturais e orgânicos podem auxiliar no tratamento da acne

0

O tratamento da acne envolve muitos fatores, principalmente, a escolha dos produtos certos para cuidar da sua pele. É preciso dar preferência a cosméticos que não tenham determinadas substâncias em sua composição, para que não surjam erupções. Por isso, é importante tratar a derme com opções veganas, naturais e orgânicas, que são livres de químicas responsáveis pelo aparecimento de cravos e espinhas, além de não agredirem os animais e o meio ambiente.

Tratamento da acne: evite produtos com substâncias nocivas

A acne aparece com mais frequência em pessoas com a pele oleosa. O excesso de sebo provoca a obstrução dos poros, impulsionando o nascimento de cravos e espinhas. Os produtos de beleza convencionais, com corantes e conservantes, aumentam esse problema, de acordo com a dermatologista Maria Paula Del Nero (veja mais aqui).

Segundo o dermatologista Fernando Freitas, é preciso se atentar aos componentes da formulação desses cosméticos, para evitar o aumento de oleosidade, que gera acne (saiba mais aqui).

Conforme a dermatologista Flávia Alvim, para quem já tem a pele oleosa ou acneica, deve-se evitar os produtos comedogênicos, isto é, que desenvolvem acne (leia mais aqui).

A dermatologista Camila Moulin recomenda que é importante escolher cosméticos sem óleo e que não tenham corantes e produtos químicos adicionados (saiba mais aqui).

Produtos veganos, naturais e orgânicos ajudam no tratamento da acne

Os produtos veganos, naturais e orgânicos são ótimas opções para ajudar no tratamento da acne. Com elementos naturais, sem aditivos químicos, eles ajudam a limpar a pele de uma maneira mais eficiente, sem causar irritações.

Ao usar uma máscara de argila verde vegana e natural na sua rotina de cuidados, por exemplo, as toxinas presentes na pele são eliminadas, combatendo radicais livres e promovendo uma limpeza profunda (confira mais aqui).

Esse produto é um ótimo adstringente, porque tem oligoelementos, como o ferro, oxigênio, entre outros, que atuam na cicatrização e antioxidação dos tecidos. “A argila verde age regulando a produção de glândulas sebáceas e, com isso, ‘suga’ o sebo e melhora as inflamações”, segundo a dermatologista Renata Sampaio (confira mais aqui).

Além disso, as opções veganas não são testadas em animais, contribuindo para o bem-estar dos animais e do planeta (entenda mais aqui).

Muitos produtos veganos, naturais e orgânicos desintoxicam a pele, auxiliando a controlar a oleosidade (veja mais aqui).

As alternativas orgânicas, inclusive, ajudam a desenvolver produtores regionais, que trabalham de forma artesanal. Eles, ainda, não têm agrotóxicos e conservantes em sua composição, evitando o surgimento da acne (saiba mais aqui).

Os produtos naturais levam extratos como o chá verde, por exemplo. O elemento natural faz uma espécie de detox de limpeza no organismo. Assim, sua pele se mantém limpa, interrompendo o desenvolvimento de sebo na região (confira mais aqui).

Por isso, escolha sempre produtos veganos, naturais e orgânicos para fazer o tratamento da acne. Além de limpar sua pele naturalmente, você salva milhares de animais, assim como ajuda o meio ambiente.

*Fontes: Dermaclub; Universa; Arte dos Aromas; BioArt; Dicas de Mulher; M de Mulher; Beleza Extraordinária

*Imagem: divulgação
 



Deixe seu comentário