7 tipos de tecidos veganos e sustentáveis que você precisa conhecer

2

Usar tecidos veganos e sustentáveis é mais uma forma de contribuir para o bem dos animais e do meio ambiente. Entretanto, não usar materiais provenientes de animais não quer dizer que não cause impacto negativo na natureza.

*Por Summer Edwards e The Minimalist Vegan

Nota: A vida sustentável é algo que queremos explorar mais, pois é fundamental para se ter um modo de viver vegano minimalista. Mas, encontrar roupas veganas e sustentáveis têm sido difícil e temos certeza de que também é um desafio para você. É por isso que nos juntamos com o Summer Edwards, escritor e consultor de moda sustentável, que nos dará algumas ótimas dicas sobre quais tecidos veganos sustentáveis podemos procurar quando vamos às compras. Você pode conhecer mais sobre o trabalho dele em seu blog.

O vegano elimina uma série de tecidos comuns de seu guarda-roupa. Felizmente, existem muitas alternativas viáveis para ter em seu armário livres de crueldade. No entanto, muitos tecidos veganos, como o algodão convencional e os sintéticos, são extremamente prejudiciais ao meio ambiente e às pessoas que os produzem. Infelizmente, diversas marcas convencionais de moda vegana se promovem como sustentáveis e sem crueldade, quando os materiais que usam causam uma grande quantidade de danos.

Um guarda-roupa livre de crueldade é aquele que evita impacto nos animais, pessoas e meio ambiente. A boa notícia é que existe uma maravilhosa variedade de tecidos veganos que são genuinamente sustentáveis.

Como compor seu guarda-roupa com tecidos veganos e sustentáveis

Algodão orgânico

O algodão convencional é a colheita mais suja do mundo. E proteções precárias significam que os agricultores e o meio ambiente estão expostos a esses produtos químicos prejudiciais e com implicações significativas para a saúde. Também envolve trabalho forçado e infantil para o fornecimento global de algodão convencional.

O alto custo do algodão transgênico e o requisito de comprar as sementes patenteadas todo ano são as causas diretas das altas taxas de suicídio de agricultores devido à grande dívida agrícola. Para evitar esses impactos, certifique-se de que sua roupa seja de algodão orgânico.

Liocel e modal

Liocel e modal são fibras fabricadas a partir da polpa da madeira. Em sua produção são usados produtos químicos, mas livres de solventes nocivos, e os processos são de circuito fechado (o que significa que os produtos químicos são capturados e reutilizados uma e outra vez).

No entanto, é importante que a polpa da madeira provenha de uma fonte sustentável. Para ter certeza, procure por modal que seja fabricado na América do Norte ou na Europa. Os que são feitos na China e na Indonésia estão destruindo a floresta tropical da região.

Tencel é uma forma certificada de liocel que é produzida a partir de polpa de madeira sustentável. O liocel de bambu também é uma opção maravilhosa, pois o bambu é uma safra muito sustentável. No entanto, a maioria dos tecidos de bambu no mercado é viscose de bambu.

Viscose é outra maneira de converter pedaços de madeira em tecidos, mas usa solventes nocivos e os produtos químicos que não são capturados e reutilizados. Viscose (bambu ou raiom) não é sustentável e é melhor evitar.

Linho

Como um vegano, você provavelmente está muito familiarizado com a linhaça. O linho é um tecido feito a partir da cana do linho. Foi fabricado tradicionalmente na Europa e no Japão por milhares de anos e é uma opção muito sustentável.

No entanto, a roupa chinesa usa fertilizantes convencionais e aumentou o impacto no ambiente. Portanto, procure lençóis europeus ou japoneses de boa qualidade para suas opções mais sustentáveis. Além disso, são de qualidade muito maior, o que é importante quando você está tornando o seu guarda-roupa sustentável.

Cânhamo

O cânhamo é outra fibra maravilhosa baseada em plantas com benefícios ambientais significativos. Pode ser cultivada perto dos rios, por isso não usa terra para plantação de alimentos. O cânhamo é muito suave e está ganhando popularidade.

Seda de soja e seda da paz

O soysilk é um tecido de seda fabricado com o resíduo de soja que sobra da produção de tofu. Contudo, utiliza formaldeído em seu processo, que é um cancerígeno conhecido. Se você procura uma alternativa de seda, esta é uma opção razoável. Mas, pessoalmente, não faço nenhum esforço para comprá-lo.

Alguns veganos também gostam de usar peace silk. Esta seda é feita a partir do casulo do bicho-de-seda que não está mais sendo usado. Nenhum verme ou mariposa é prejudicado ou explorado no processo e a peace silk é colhida de forma mais natural, ao invés de cultivada.

Couro de abacaxi e outros couros veganos sustentáveis

O couro vegano convencional é PVC, um tecido extremamente tóxico que libera produtos químicos prejudiciais à medida que se degrada. O PVC nunca poderia ser considerado sustentável, mas, infelizmente, muitas marcas veganas o retratam desta forma.

Por sorte, você não precisa recorrer ao PVC para atender às suas necessidades de couro vegano. O couro de abacaxi é fabricado a partir das folhas deixadas depois de cultivar a fruta e é completamente biodegradável. Já é usado por algumas marcas de calçados veganos e vale a pena procurá-las.

O couro Kombucha está em desenvolvimento e pode aumentar a disponibilidade, por isso vale a pena procurar. Já o tipo de cortiça, um material semelhante a um couro feito de casca de cortiça, é outra opção vegana para calçados e bolsas.

Náilon e poliéster reciclados

Os tecidos sintéticos convencionais são muito nocivos para o meio ambiente. Mas você pode encontrar cada vez mais opções para reciclar, como as que usam resíduos de tecido de fábricas, ou roupas antigas para fazer novas.

Escolher opções recicladas, como roupas de banho e meia-calça, vale a pena. No entanto, as fibras das nossas roupas são a maior fonte de poluição microplástica nos oceanos. Eu evitaria até mesmo o náilon e o poliéster reciclado o máximo possível, com exceção das roupas em que usar um material sintético seja necessário.

Já comprei roupas de banho de algodão orgânico, mas elas se degradaram muito rapidamente em uma piscina. Então, eu acredito que os produtos sintéticos reciclados são necessários para estes casos.

Claro, você também pode comprar uma roupa de segunda mão para compor seu guarda-roupa sustentável. Entretanto, também acho importante comprar algumas de suas roupas, novas. Isso ajuda a construir nossas alternativas genuinamente sustentáveis à indústria da moda convencional. Esperemos que esta lista mostre que é possível fazer escolhas veganas e sustentáveis para o seu guarda-roupa.

Se você quiser saber mais sobre esses tecidos e a pesquisa que está por trás de todas as minhas recomendações, vá até meu blog tortoise & lady Gray ou veja meu Guia de Tecidos Sustentáveis.

*Fonte: The Minimalist Vegan

*Imagem: Unplash



Discussão2 Comentários

  1. Olá! Boa tarde!

    Estou procurando algodão orgânico para fazer roupas, mas está super difícil de encontrar lojas de tecidos orgânicos em São Paulo.

    Tem alguma indicação?

    Muito obrigada!!!!

Deixe seu comentário