Reino Unido terá primeiro supermercado sem plástico até 2023

0

No Reino Unido, será inaugurado o primeiro supermercado sem plástico do mundo. A empresa Iceland pretende eliminar o material de seus produtos até 2023. A mudança vem acompanhada pela campanha #TooCoolForPlastic, com o objetivo de reduzir a poluição dos oceanos.

*Por Kat Smith para o LiveKindly

A cadeia de supermercados do Reino Unido, a Iceland, vai deixar seus produtos livres de plástico, em uma tentativa de reduzir a poluição dos oceanos. O varejista pretende eliminar completamente o material de suas mercadorias até 2023.

A mudança será lançada em sua loja conceito, em North Liverpool.

Serão oferecidas opções sustentáveis no lugar do plástico para frutas e vegetais soltos, como sacolas de papel, redes de algodão e celulose, assim como faixas elásticas reutilizáveis à base de vegetais.

Durante todo o processo, a Iceland reunirá os comentários dos clientes para compartilhar com o governo do Reino Unido.

Supermercado sem plástico: as mudanças já começaram

Essa mudança é acompanhada por uma nova campanha, a #TooCoolForPlastic. Em um vídeo, o supermercado explica que cerca de 12 milhões de toneladas de plástico vão para os oceanos a cada ano.

Veja o vídeo da campanha a seguir:

De acordo com a pesquisa da Iceland, os consumidores britânicos acreditam que os supermercados precisam ser mais socialmente responsáveis, eliminando o plástico e substituindo-o por alternativas sustentáveis. O varejista tem como objetivo atender a demanda do consumidor, tornando-se o primeiro grande supermercado do mundo a se tornar livre desse material poluente.

“Todos nós temos um papel a desempenhar na resolução do problema e a Iceland está constantemente à procura de formas de reduzir o plástico”, afirmou Richard Walker, diretor da Iceland. “Estamos ansiosos para ver como nossos clientes respondem à mudança e levam adiante esses aprendizados”, declara.

A Iceland já começou a tomar medidas para reduzir o plástico. Removeu o material de algumas linhas de produção, em mais de 900 lojas, substituindo-o por opções recicláveis.

Supermercado sem plástico: outras empresas aderem a alternativas sem plástico

A Iceland não é a única a trabalhar para eliminar o plástico. No mês passado, a varejista de rua Marks & Spencer anunciou que testaria 90 linhas de produtos sem embalagem em sua loja em Londres. O varejista também trocou adesivos de código de barras por uma opção ecologicamente correta. Eliminou, ainda, 75 milhões de peças de talheres e substituiu os canudos de plástico por alternativas de papel.

*Fonte: LiveKindly

*Imagem: divulgação



Deixe seu comentário