Solventes nos esmaltes: por que devemos ter cuidado com essas substâncias perigosas

0

Os solventes nos esmaltes são responsáveis por diversos danos ao organismo. Presentes em grande parte na composição desses produtos, essas substâncias podem provocar desde alergias a problemas crônicos de saúde. Confira a seguir os motivos para evitar esmaltar suas unhas com “vidrinhos” que tenham esses compostos e saiba a importância de optar por alternativas hipoalergênicas, naturais e veganas.

Confira aqui os esmaltes hipoalergênicos, veganos e naturais da loja Mimi Veg

Solventes nos esmaltes: por que manter a distância dessas substâncias

Os solventes mais comuns que têm na grande parte dos esmaltes convencionais são o tolueno, o dibutilftalato (DBP) e o formaldeído, também conhecido como formol. Eles podem ocasionar muitas complicações ao corpo humano.

Usado para melhorar a aplicação e acelerar a secagem da tinta, o tolueno é responsável por 95% das alergias, segundo a dermatologista Carolina Ferolla. Esse componente, além de provocar irritações na pele, se for inalado por gestantes, pode prejudicar o desenvolvimento do feto, assim como causar prematuridade ou malformações, segundo a dermatologista Cintia Guedes.

O dibutilftalato (DBP), empregado nos esmaltes para aumentar o brilho, pode ser carcinogênico e, ainda, atuar como um disruptor endocrinológico, principalmente em crianças, conforme a dermatologista Tatiana Gabbi.

A especialista Tatiana Gabbi acrescenta, ainda, que o formol, utilizado para dar durabilidade, pode provocar pterígeo invertido (pele endurecida embaixo da unha) e descolamentos das unhas. Ele também é considerado carcinogênico para humanos, sendo associado ao câncer nasal, além de alterações reprodutivas, segundo a dermatologista Cintia Guedes.

Solventes nos esmaltes: escolha produtos hipoalergênicos, naturais e veganos

Há como evitar esses componentes e continuar com as unhas esmaltadas e bonitas. Atualmente, o mercado possui uma variedade de esmaltes hipoalergênicos, que podem ser naturais e veganos. Esses produtos não possuem solventes, que são substituídos por ingredientes mais saudáveis para o organismo.

Alguns fabricantes oferecem esmaltes com fórmulas hipoalergênicas e naturais, com NanoArgan. Essa tecnologia de nanopartículas de óleo de Argan penetra na unha de forma direcionada e controlada, liberando os ativos e tratando unhas fracas e quebradiças.

Quando estes esmaltes são veganos, também não possuem ingredientes de origem animal e não são testados em animais. Isso favorece o bem-estar deles e preserva o meio ambiente.

Além disso, ao consumir cada vez mais alternativas veganas, as indústrias vão perceber, em números, que não é preciso explorar os animais para ter produtos de boa qualidade. Comprar esmaltes hipoalergênicos, naturais e veganos é uma forma de incentivar que os testes em animais sejam erradicados. Os consumidores precisam, ainda, cobrar dos fabricantes tecnologias éticas e não adquirir, de forma alguma, produtos que contenham ingredientes de origem animal e que sejam testados neles. Isso se estende a cosméticos, maquiagens e outros itens de beleza e higiene pessoal.

*Fontes: Carolina Ferolla; O Globo; Saúde; Tatiana Gabbi; VIX; Ministério da Saúde; Claudia; Twoone onetwo

*Imagem: divulgação

Você também pode gostar de ler:

Veja vantagens ao investir em esmaltes hipoalergênicos, veganos e naturais

Alergia a cosméticos: escolha sempre produtos de qualidade

Hidratação das mãos: aposte em produtos veganos, orgânicos e naturais

 



Deixe seu comentário