“Relógio da morte” mostra em tempo real o número de animais mortos para consumo

2

É possível ter noção sobre as mortes ocasionadas pela indústria da carne. O site que mostra em tempo real o número de animais mortos (isso apenas nos EUA) atualiza os dados sobre cada espécie. Veja as informações completas no artigo a seguir.

*Por Maria Chiorando

Um contador online que mostra o número de animais mortos para virarem comida em tempo real nos EUA foi lançado.

O Animal Clock – “relógio de matança animal” – foi criado para chamar a atenção para o incrível número de animais que atualmente sofrem em fazendas industriais.

Dados sobre o número de animais mortos para consumo

Um porta-voz do Animal Clock disse ao portal Plant Based News: “Todos os anos são gerados bilhões de animais inteligentes para o abate em fazendas industriais”.

“O Relógio de Matar Animal dos EUA de 2018 usa dados de agências governamentais e outras fontes conceituadas para estimar uma contagem em tempo real de mortes de animais atribuíveis à produção do suprimento de alimentos nos EUA”.

Conscientização

O site que abriga o relógio também compartilha informações sobre as condições sombrias que muitos animais são criados e abatidos – e o que os consumidores podem fazer para diminuir seu impacto nessas áreas.

De acordo com o porta-voz, o “Animal Clock aumenta a conscientização sobre a escala da produção de fábricas industriais, ao mesmo tempo em que destaca o impacto físico e emocional que o sistema assume em animais individuais”.

“O site também educa os visitantes sobre as oportunidades para os indivíduos fazerem mudanças positivas”, ele completou.

Você pode consultar o relógio da morte de animais aqui.

*Maria Chiorando é jornalista e ex-editora de revistas. Ela se especializou em escrever conteúdo sobre veganismo por vários anos, além de informar sobre agricultura, política e notícias regionais. Você pode segui-la no Twitter @MariaChiorando e Instagram @mariachiorando.

*Fonte: Plant Based News

*Imagem: Unsplash



Discussão2 Comentários

  1. Realmente, para quem despertou para esse horror, fica difícil viver a ignorar o assunto e as vezes, até conviver com pessoas que afirmam que sempre foi assim…mas, fato é que o mundo atual é e está com um número gigante de pessoas e uma porcentagem cada vez maior passa fome e morrem de fome e de doenças decorrentes da falta de condições. No meu entender, em um futuro não muito distante, não vai haver alimentos e outras condições de vida para todos. E não vai adiantar só pensar que dinheiro vai resolver porque não vai. A raça humana está causando suas próprias doenças, a doença é muito rápida e a cura muito demorada. É o meu entender. Dinheiro não compra água, ar e bens que o homem não tem capacidade pra “copiar” de Deus ou “ser superior”.

Deixe seu comentário