Proibida a venda de animais no Facebook e Instagram

0

A venda de animais no Facebook foi censurada pela empresa e banida do Instagram também, plataforma que pertence ao grupo. O anúncio foi publicado em um documento no dia 19 de maio, como parte de uma revisão das políticas para ofertas comerciais da rede social. A partir de agora, qualquer post relacionado à venda de animais, seja voltado para pecuária ou de estimação, pode ser denunciado.

Além do veto à venda de animais, a rede social proibiu também a comercialização de partes deles, como pelos e peles. Ofertas de armas, munições, drogas ilegais, prescritas ou recreativas e itens relacionados, também não são permitidas.

Detalhes da proibição de venda de animais no Facebook e Instagram

De acordo com a política de publicidade da empresa, alguns tipos de anúncios relacionados aos animais continuam liberados, como a comercialização de jaulas ou gaiolas; produtos como brinquedos e coleiras, além de prestação de serviços como atendimento veterinário; cuidados pessoais; serviços de embarque e transporte de animais. Confira a seguir:

venda de animaisAs novas regras valem para o marketplace (área no Facebook para pequenos vendedores); grupos de compra e venda; seção de comércio eletrônico de páginas e para publicações de produtos no Instagram Shopping.

Como fazer para denunciar

No documento divulgado, há explicações de como denunciar uma publicação ilegal, de acordo com os novos termos. Para realizar a denúncia, o usuário precisa clicar no ícone “…”, situado no canto superior direito do post e selecionar a opção “Denunciar publicação”. Feito isso, é necessário marcar a opção “Acredito que não deveria estar no Facebook”.

Vai aparecer uma página após esse processo, com a pergunta “O que há de errado com essa foto ou post?”. O usuário deve optar pela resposta “Outra coisa” e clicar em “Isso descreve a compra ou venda de drogas, armas ou produtos regulamentados”. Depois, é só selecionar a opção de bloquear, ocultar ou enviar uma mensagem para o autor da publicação, ou marcar a opção “Enviar ao Facebook para análise”.

É possível acompanhar o status da sua denúncia na aba “Caixa de Entrada” na página de Suporte ou aguardar o retorno do Facebook pelo Messenger.

*Fontes: G1 e Tecnologia & Games – IG

*Imagem: Facebook e divulgação



Deixe seu comentário