Vancouver confirma proibição de canudinhos de plástico

0

Vancouver colocará em prática a proibição de canudinhos de plástico no outono do próximo ano. Desta forma, será a primeira grande cidade canadense a aprovar a medida. Este é um assunto que têm sido largamente discutido no mundo, pois afeta extremamente o meio ambiente e os animais que nele vivem.

*Por Emily Court

A proibição de canudinhos de plástico – que faz parte do plano da cidade de estar livre de resíduos até 2040 – também atingirá recipientes descartáveis de isopor e copos descartáveis.

Com a ação finalizada em maio, os vereadores também aprovaram um estatuto que regularizará a proibição. Além do objetivo de reduzir o uso de copos descartáveis e sacolas de compra em Vancouver.

As empresas terão que eliminar totalmente os descartáveis, cobrar dos clientes ou chegar a uma solução alternativa que deve ser pré-aprovada pelo conselho da cidade.

Aqueles que não cumprirem as novas diretrizes se arriscam a levar uma multa de US$ 250.

Proibição de canudinhos está ligada à política de redução de resíduos

Há um crescente movimento de redução de resíduos na cidade de Vancouver, incluindo políticas em que muitos mercados exigem que os materiais sejam compostáveis e os clientes são incentivados a levarem suas próprias sacolas.

Apesar dos esforços existentes, moradores e empresas de Vancouver continuam produzindo uma grande quantidade de resíduos desnecessários.

De acordo com a cidade, cerca de 2,6 milhões de copos descartáveis são eliminados semanalmente. Em nível nacional, estima-se que 57 milhões de canudos sejam descartados no Canadá todos os dias.

*Emily Court é vegana e reside no leste do Canadá. Ela é uma escritora digital e experiente defensora de animais, impulsionada por questões como a liberação animal e a justiça social. Estudou na Universidade de Dalhousie, onde sua tese destacou as relações interculturais e de gênero. É oradora e viaja pelo mundo. Tem como objetivo dar voz àqueles que, de outra forma, não teriam uma. 

*Fonte: Plant Based News

*Imagem: divulgação



Deixe seu comentário