Plano para remover 88.000 toneladas de plástico no oceano Pacífico é iniciado

0

A operação que visa acabar com o plástico no oceano Pacífico foi iniciada. Organizado pela Ocean Cleanup (conheça aqui), o plano pretende remover mais de 80.000 toneladas de resíduos plásticos da zona conhecida como Great Pacific Garbage Patch (grande área de lixo no Pacífico) em um período de 5 anos.

*Por Aleksandra Pajda para o One Green Planet

No início deste ano, a organização sem fins lucrativos The Ocean Cleanup começava a se preparar para colocar seu sistema projetado, que pretende remover a poluição de plástico do oceano. Agora, a tecnologia inovadora finalmente vai limpar a grande porção de lixo no Pacífico. Com desenvolvimento constante, a organização espera retirar até a metade das 88 mil toneladas de plástico em apenas cinco anos.

Como funciona a operação que pretende eliminar o plástico no oceano Pacífico

Em setembro, a organização começou a rebocar seu “Ocean Cleanup System 001” de San Francisco, para um local de teste que fica a cerca de 240 milhas náuticas (260 milhas) de distância. O sistema agora será empurrado pelos ventos e ondas em formato de “U” e começará a derivar sozinho, marcando o início da operação.

Enquanto o tubo flutua na superfície, uma espécie de “saia” longa, de 10 pés de comprimento, coletará pedaços de lixo da água. Peças grandes não serão as únicas partes que o sistema poderá capturar.

O equipamento pode coletar itens com apenas um milímetro de tamanho. Durante todo o processo, os barcos ajudarão a retirar plásticos e entregá-los a uma usina de reciclagem. O sistema será monitorado o tempo todo, para garantir que cumpra seu papel e não prejudique a vida marinha.

Plástico no oceano Pacífico: uma realidade que precisa ser mudada

A Ocean Cleanup, fundada em 2013 por Boyan Slat (saiba mais aqui), espera que o System 001 possa remover cerca de 55 toneladas de plástico do oceano por ano.

Em comparação com o tamanho atual da grande área de lixo no Pacífico – que é composta por cerca de 88.000 toneladas de lixo – esse número pode parecer pequeno. Mas, a organização quer criar 60 sistemas que, juntos, seriam capazes de extrair metade dos resíduos a cada cinco anos.

Implantada dessa maneira, a tecnologia teria um impacto imensamente positivo sobre as águas. Com sorte, poderá evoluir para o tamanho projetado.

A zona de lixo do Pacífico tem aproximadamente 1,8 trilhão de peças de plástico. Mais de 8,8 milhões de toneladas de resíduos plásticos entram nos oceanos já poluídos todos os anos. Essa realidade não mudará, a menos que trabalhemos ativamente para modificá-la.

*Fonte: One Green Planet

*Imagem: Facebook Ocean Cleanup



Deixe seu comentário