Parque Pampa Safari fecha as portas e IBAMA autoriza a execução de centenas de cervos

0

O Parque Pampa Safari, localizado em Gravataí – Rio Grande do Sul, encerrou suas atividades e centenas de cervos serão executados por determinação do IBAMA e das Secretarias Estaduais da Agricultura e do Meio Ambiente.

A deputada estadual Regina Becker divulgou o fato em suas redes sociais e o caso ganhou grande repercussão, gerando revolta entre os internautas e defensores dos animais. Regina informou que buscou esclarecimentos junto ao IBAMA por meio do médico veterinário Paulo Wagner, que justificou os procedimentos respaldado em orientações técnicas: “Os cervos exóticos, em torno de quatrocentos (400), são portadores de tuberculose, o que exige medidas protetivas à fauna e à espécie humana”.

De acordo com Regina, esta foi uma triste decisão, baseada somente em questões sanitárias, desconsiderando a vida dos animais e a possibilidade de serem tratados.

Diante disso, a deputada informou ontem, 23, que protocolizou, junto à Superintendência do Ibama e às Secretarias Estaduais do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e da Agricultura Pecuária e Irrigação, ofícios solicitando cópia integral dos processos administrativos que tramitaram nos respectivos órgãos, e que culminaram na autorização para extermínio dos referidos animais. “É imperioso que os órgãos competentes esclareçam, de imediato, se TODOS os animais que compõem o plantel do Pampa Safari foram submetidos aos testes de tuberculose, antes de serem sentenciados de morte. Não hesitarei em buscar todas as respostas necessárias à elucidação dos fatos!”, finalizou Regina.

Está sendo organizada uma manifestação amanhã, 25, em frente ao IBAMA, em Porto Alegre. Saiba mais e confira o evento no Facebook aqui.

Fonte: Regina Becker Fortunati

Imagem: Tycho B. Fernandes / divulgação



Deixe seu comentário