Surto de Salmonella impulsiona preferência dos consumidores por ovos veganos, dizem novos dados

0

Em 2018, 206 milhões de ovos foram recolhidos de mercados nos Estados Unidos, por suspeita de salmonella. O surto gerado pela bactéria despertou em muitos consumidores uma preocupação maior com a alimentação. Desde então, a preferência por ovos baseados em vegetais tem aumentado no país, segundo um novo levantamento. A opção vegana pode ajudar a evitar a contaminação da doença, além de poupar inúmeros animais do sofrimento.

*Por Charlotte Pointing para o LiveKindly

As empresas de alimentos estão cada vez mais investindo em ovos veganos, de acordo com um estudo da publicação Food Business News (veja aqui). A mudança está ocorrendo devido à crescente demanda dos consumidores por produtos vegetais. Mas também é por causa dos riscos para a saúde – como a salmonella – associados aos ovos de galinha.

Surto de salmonella alerta para riscos de contaminação por ovos de galinha

No início de 2018, 206 milhões de ovos foram recolhidos, após relatos de um surto de salmonella (relembre aqui).

De acordo com a Food and Drug Administration (FDA), 35 pessoas adoeceram e 11 foram hospitalizadas. Adultos saudáveis podem se recuperar de um surto de salmonella em aproximadamente uma semana. No entanto, para crianças, idosos e pessoas com sistema imunológico enfraquecido, a doença pode ser fatal.

A preocupação com a saúde está motivando as empresas de alimentos a buscarem opções mais seguras. Um ingrediente que poderia substituir os ovos – com um risco muito menor de salmonella – é o grão-de-bico (ou a água drenada dele, conhecida como aquafaba).

Surto de salmonella: preocupação com a saúde impulsiona mercado de alimentos veganos

De acordo com Jon Stratford, gerente de vendas e marketing da Natural Products Inc., o ingrediente está crescendo em popularidade. “Nos últimos dois anos, o fornecimento de grão-de-bico cresceu exponencialmente”, disse Stratford. “A aquafaba tem propriedades espumantes incríveis. Possivelmente, um dia, quando estiver disponível em quantidades industriais, pode ser usada para substituir as claras de ovos em produtos assados e outros alimentos”.

Ele acrescentou: “Eu espero que continuemos a ver pesquisa e desenvolvimento com farinha de grão-de-bico, bem como outros ingredientes à base de feijão, como ferramentas para eliminar proteínas animais em uma ampla variedade de categorias de alimentos”.

O líquido vegano JUST Egg (saiba mais aqui) também está tendo um pico de popularidade desde o seu lançamento no início deste ano. Feito de feijão mungo, o produto imita o sabor, textura e aparência de ovos mexidos e pode ser usado para fazer omeletes, quiches e torradas. Em um grande varejista, o produto chegou a superar a venda de ovos líquidos de frango – tipo de ovo comercializado na Europa – em sua primeira semana de lançamento.

Fonte: LiveKindly

Imagem: divulgação



Deixe seu comentário