Cura pela natureza: benefícios dos óleos essenciais

0

Os óleos essenciais, largamente utilizados na aromaterapia, promovem o bem-estar físico e mental das pessoas. Extraídos de plantas, eles ajudam a tratar, terapeuticamente, diversos problemas, como ansiedade, estresse, sono, além de serem empregados também na área cosmética, propiciando melhorias na pele e nos cabelos. Estes produtos podem ser usados em várias formas: spray, aromatizadores à vela, colares etc. Veja a seguir como eles funcionam no corpo humano e descubra alguns benefícios.

Confira aqui os produtos de aromaterapia da loja Mimi Veg

Como os óleos essenciais funcionam

De acordo com a professora do curso de Estética e Cosmética da UNISUAM – RJ, Juscilene Ribeiro, os óleos essenciais trabalham, sobretudo, com o olfato. “A aromaterapia explora as relações existentes entre os compostos aromáticos e os estados de espírito que eles estimulam. Trabalha, principalmente, com as vias olfativas, já que o ser humano é capaz de detectar, em menos de um segundo, inúmeras substâncias presentes no ar em concentrações tão baixas”, explica (veja mais aqui).

Segundo Juscilene, quando se inala as moléculas odoríferas dos óleos essenciais, elas se espalham pela cavidade nasal. Em seguida, são levadas aos neurônios olfatórios. As células desses neurônios chegam ao sistema nervoso central e ao sistema límbico, que se encontra no cérebro, na região que controla as emoções (leia mais aqui). Dessa forma, conseguem agir diretamente na parte emocional do ser humano.

Conheça alguns benefícios dos óleos essenciais

Os óleos essenciais auxiliam em disfunções na menstruação, problemas digestivos, assim como contribuem na melhora de doenças de pele, como acne e dermatites, segundo Juscilene (saiba mais aqui). O óleo essencial de copaíba, por exemplo, rejuvenesce e regenera a derme (entenda mais aqui) e o de melaleuca, por sua vez, ajuda a combater espinhas e cravos (veja mais aqui).

Conforme o cientista e aromatólogo Fábian László, os óleos essenciais são produzidos pelas plantas e estabelecem uma conexão com o ambiente. Muitos deles se tornam verdadeiros antídotos contra problemas de saúde. O óleo de limão, por exemplo, ajuda a regular os níveis de colesterol no sangue, combatendo, ainda, a retenção de líquido no organismo (confira mais aqui).

Quem possui tendinite e reumatismo, por exemplo, pode ser beneficiado com o uso do óleo essencial de citronela, que também contribui para a limpeza energética do ambiente (saiba mais aqui).

Dores de cabeça, enxaquecas, cansaço nas pernas e pés, podem ser aliviados com o óleo de alecrim. Ele auxilia, ainda, na eliminação de caspas no couro cabeludo e impulsiona o crescimento capilar (veja mais aqui).

É sempre importante consultar um especialista antes de começar um tratamento com óleos essenciais. Ele vai recomendar a melhor opção para o seu caso. Além disso, escolha sempre produtos que sejam veganos, orgânicos e naturais. A formulação deles também não agride os animais nem o meio ambiente (saiba mais aqui).

*Fontes: Arte dos Aromas; G1; M de Mulher; Hoje em Dia

*Imagem: divulgação



Deixe seu comentário