Maus-tratos: cavalos são usados em “racha” numa rodovia em SP

0

Dois homens estão sendo investigados pela Polícia Civil por indícios de maus-tratos a cavalos em um racha de charretes. O episódio ocorreu na Rodovia Raposo Tavares, em Mairinque, no interior de São Paulo. O delito está sendo apurado por meio de imagens registradas em vídeo.

A gravação está circulando pelas redes sociais desde domingo. Confira neste link as cenas de sofrimento dos animais.

No vídeo, são mostrados dois rapazes com os cavalos nas charretes, que fecham as duas faixas da via. Eles não deixavam os veículos passarem. Em um momento, o atrito das patas de um dos animais gera faíscas. Depois disso, ele cai em alta velocidade.

As cenas foram gravadas por uma motorista, que quase atinge o cavalo.

Maus-tratos em cavalos: Polícia Civil investiga o caso

Na última segunda-feira (01) a Polícia Civil abriu um inquérito para apurar o caso. Os dois suspeitos foram ouvidos nesta terça-feira (02). Em seu depoimento, um dos rapazes disse que só estava exercitando os animais na via. Ele negou que estava praticando racha.

Segundo a delegada Fernanda Ueda, responsável pela investigação, as imagens mostram o quanto os animais são obrigados a fazer um grande esforço. Isso fica claro quando ocorre o atrito entre as ferraduras e o asfalto, exibidos na gravação.

Os cavalos foram localizados com lesões visíveis. Um deles foi identificado como o que sofreu a queda devido à gravidade de uma das feridas. Eles vão passar por exames, conforme a delegada.

O vídeo também está sendo analisado pelo Instituto de Criminalística. De acordo com a chefe de polícia, os envolvidos poderão ser acusados de maus-tratos e por colocarem a vida de outras pessoas em risco.

Rachas são comuns na região

Moradores da região de Mairinque declaram que a prática de racha é algo frequente na rodovia. O delito é realizado, de acordo com os habitantes da cidade, em fins de semana e horários com pouco movimento.

Após a repercussão do caso, diversos vídeos já foram divulgados, mostrando que é comum ter esse tipo de racha na via (saiba mais aqui).

A Polícia Rodoviária informou que nunca flagrou a competição na região. Para denunciar a prática, é só ligar para o número 190 e registrar a ocorrência, que as viaturas serão acionadas para deter os envolvidos.

*Fontes: G1; Dia

*Imagem: Polícia Civil / Divulgação



Deixe seu comentário