Bela e saudável: escolha maquiagens veganas, orgânicas e naturais

0

Diferentemente das sintéticas, as maquiagens veganas, orgânicas e naturais não fazem mal ao seu organismo. Os cosméticos tradicionais possuem substâncias tóxicas, que se acumulam na corrente sanguínea. Elas geram reações e até mesmo doenças mais graves.

O chumbo é um dos elementos que podem ser encontrados nas maquiagens convencionais. Quando utilizado em excesso por mulheres grávidas, por exemplo, oferece risco de prejudicar o desenvolvimento do feto. Outra substância comum é o parabeno e suas derivações. Comumente aplicado como conservante, ele é um dos prováveis responsáveis pelo surgimento de câncer no colo do útero, como explicado neste estudo.

O alumínio é um componente empregado nos cosméticos sintéticos. Há indícios de que ele ocasiona problemas nos rins. Os corantes inseridos nos produtos também são possíveis causadores de alergias, além de câncer. Usados para melhorar a textura das maquiagens tradicionais, os ftalatos podem atingir os órgãos reprodutivos.

Os sintomas de alergia são diversos: coceira, queimação, formigamento. Além da região onde a maquiagem foi aplicada, a reação alérgica tem a possibilidade de se espalhar pelo corpo, segundo a dermatologista Denise Steiner e o alergista José Carlos Perini.

Para adquirir maquiagens veganas, orgânicas e naturais, clique aqui e acesse a loja Mimi Veg

Benefícios das maquiagens veganas, orgânicas e naturais

Além de não possuírem componentes químicos que acarretam problemas de saúde, as maquiagens veganas, orgânicas e naturais têm inúmeras vantagens em relação aos produtos sintéticos.

Ao optar por um cosmético vegano, sua pele estará livre de reações alérgicas. Os produtos sem elementos de origem animal ainda previnem acnes, pois suas substâncias não suscitam a abertura dos poros. Além disso, você usará algo ecologicamente correto e sustentável, que não teve exploração animal em seu processo de fabricação.

Para saber se o produto é realmente vegano, certifique-se que ele tem o selo “Cruelty-free and Vegan”, da PETA (People for the Ethical Treatment of Animals). A certificação da Vegan Society também assegura que o cosmético não tem ingredientes de origem animal.

As maquiagens orgânicas igualmente não abrem os poros, evitando espinhas e cravos. Além disso, não ressecam a pele, pois têm óleos vegetais naturais em sua fórmula. Sua duração é a mesma dos produtos sintéticos, em torno de dois anos.

Elas são perfeitas para um tratamento anti-idade, já que possuem compostos com ação antioxidante, como o extrato de açaí. Hidratam e recuperam a pele, assim como garantem uma boa esfoliação.

Para checar se uma maquiagem é orgânica, analise se ela tem os selos Ecocert, Cruelty Free e IBD.

Assim como os veganos e orgânicos, os cosméticos naturais também não levam componentes tóxicos em sua composição. Geralmente possuem uma textura fina e dão um acabamento acetinado, o que confere um aspecto natural à face. Suas cores também são mais intensas.

Do mesmo modo, não provocam acne, já que não obstruem os poros. Elas ainda auxiliam no controle da oleosidade. Os selos IBD e Ecocert garantem que o produto que você está usando é natural.

Crueldade animal: os testes realizados pelas grandes indústrias de maquiagens

Quando você adquire uma maquiagem sintética, muitas vezes não percebe que, por trás da embalagem atrativa, há um grande cenário de exploração e crueldade com animais. Alguns países, como a China, tinham até mesmo leis que obrigavam a experimentação de produtos em animais, antes de irem para o mercado. Hoje, o país asiático removeu essa norma de sua legislação.

Muitas empresas de grande porte, conhecidas pelo público, ainda realizam testes em animais, apesar das diversas alternativas existentes, que não precisam do uso de seres vivos.

Em 2014, foi aprovada pela Anvisa uma lei que que regula a produção de cosméticos. A norma impõe restrições quanto ao uso de animais em testes das mercadorias. A legislação deu até o ano de 2019 para que as empresas eliminem o uso de cobaias.

Desde janeiro de 2014, empresas do Estado de São Paulo são proibidas de realizar testes de cosméticos em animais, pela lei 777/2013. A companhia que desrespeitar, é multada em até R$ 1 milhão por cada animal utilizado como experimento.

Para conhecer mais grupos empresariais que realizam testes em animais, acesse o site da PETA aqui.

Todos são beneficiados com maquiagens veganas, orgânicas e naturais

Além de serem nocivas ao organismo e aos animais, as maquiagens tradicionais não têm preocupações com o meio ambiente. Suas embalagens não são recicláveis e, após o descarte, levam anos para se decompor. Muitos desses produtos são descartados no mar, gerando acúmulo de resíduos no ecossistema. Consequentemente, provocam o sofrimento e a morte de inúmeros animais.

Os produtos são embalados com matérias recicláveis, que serão reutilizados de alguma forma após seu descarte. Alguns produtores usam embalagens de bambu para empacotar o produto.

As maquiagens veganas, orgânicas e naturais são produzidas pensando no bem-estar humano, animal e ambiental.

Mais saúde para as pessoas, sem sofrimento animal e menos poluição do planeta, serão as suas contribuições ao optar por maquiagens veganas, orgânicas e naturais.

*Fontes: Lohas Store; Use Orgânico; Status Mulher; Corpo a Corpo; Estadão; Veja SP ; Governo do Estado de São Paulo

*Imagem: divulgação



Deixe seu comentário