Jaulas Vazias: encarando o desafio dos direitos animais

0

O livro Jaulas Vazias: encarando o desafio dos direitos animais foi escrito pelo filósofo Tom Regan. Nesta obra, o autor explica que os animais devem ter direito à vida, integridade física e satisfação de necessidades biológicas, individuais e sociais.

Ao longo da publicação, o leitor vai conhecendo como o escritor teve contato com explorações de animais e como esses episódios o levaram a ser um ativista dos direitos animais.

De forma clara e didática, o autor explica a definição de direito animal e apresenta ao público sobre quem atua nessa área de defesa animal. Ele tenta mostrar, ainda, como a mídia e as empresas de exploração animal deturpam a imagem dos ativistas.

Regan também esclarece na obra o que são os direitos morais e conta por que é importante compreender esses conceitos para a causa animal.

O autor tenta mostrar ao leitor o quanto lutou pela defesa dos direitos dos animais e como essa dedicação é importante para a causa. A obra é direcionada para quem já atua na área, aos simpatizantes e para todos que se preocupam com o bem-estar dos animais.

Jaulas Vazias: encarando o desafio dos direitos animais tem estudos do autor

Nesta publicação, há estudos de Regan, produções teóricas e debates das últimas décadas vividas pelo ativista. Além disso, o livro possui um prefácio à edição norte-americana, escrito pelo psicanalista Jeffrey M. Masson, um dos mais renomados da área.

Ficha técnica:

Livro: Jaulas Vazias: encarando o desafio dos direitos animais
Editora: Lugano
Autor: Tom Regan
Páginas: 294
ISBN: 9788589958042
Formato: 15,5cm x 23cm – brochura
Valor: consultar nas principais livrarias do país

Sobre o autor de Jaulas Vazias: encarando o desafio dos direitos animais – Tom Regan

Tom Regan, falecido em 2017, foi um pensador e ativista na área de direito animal. Lutou pela causa, por meio de estudos, obras e debates. É autor de vários livros que são referências no segmento, como The Case for Animal Rights e Animal Rights and Human Obligations.

*Fonte e imagem: Sociedade Vegana



Deixe seu comentário