Jornal Nacional destaca invasão de ursos polares em arquipélago russo

0

Na última terça-feira (12), o Jornal Nacional, da rede Globo, destacou a invasão de ursos polares na cidade Belushya Guba, um arquipélago russo. Devido ao clima de tensão, o município declarou estado de emergência no sábado (09).

Segundo ambientalistas, os animais estão famintos, porque em seu habitat natural está faltando alimento, em decorrência do derretimento de geleiras, um fenômeno que estaria sendo causado pelo aquecimento global.

A cidade russa pediu auxílio ao governo, após o aparecimento dos ursos polares. Mais de 50 animais foram vistos circulando pela região, procurando por alimentos em ruas, edifícios comerciais e residências.

Preocupadas com a situação, autoridades russas enviaram ao local especialistas para resolver o caso.

Conforme o governo do município, os ursos polares começaram a chegar em dezembro de 2018.  Mas, o número ficou maior nas últimas semanas.

Invasão de ursos polares: aquecimento global força animais a buscarem comida em outras regiões

Os ursos polares vivem no gelo marinho e caçam seus alimentos na região. No entanto, com o derretimento de geleiras, suas fontes de comida são prejudicadas. Dessa forma, eles precisam procurar alimento em outros locais, que podem ser vilarejos vizinhos, como o de Belushya Guba.

O abate dessa espécie é proibido na Rússia. O plano para retirar os animais do município é por meio de sedativos. Depois, eles serão removidos e devolvidos ao seu habitat. Enquanto o governo não inicia a operação, muitos moradores se escondem em suas casas.

A cidade visitada pelos animais tem aproximadamente 1900 moradores. É um assentamento militar e o centro mais relevante do arquipélago de Novaya Zemlya, na região do Oceano Ártico.

Alguns moradores registraram vídeos da invasão de ursos polares em alguns locais da cidade. Confira:

Veja mais um registro da presença dos animais nas ruas do município russo:

Para assistir à nota dada pelo Jornal Nacional na íntegra, clique aqui.

*Fonte: Jornal Nacional; Exame; Revista Galileu

*Imagem: divulgação

 



Deixe seu comentário