5 maneiras de ajudar seus amigos a adotarem hábitos veganos

0

Com o objetivo de auxiliar amigos no processo de transição para o veganismo, é preciso ajudá-los a adotar alguns hábitos veganos, que parecem simples, mas fazem toda a diferença. Veja a seguir algumas sugestões de atitudes que você pode indicar a colegas, que vão fazê-los aderir a esse modo de vida que salva os animais e o meio ambiente.

*Por Miranda Larbi para o Plant Based News

Nem todo mundo vai se tornar vegano agora, como gostaríamos que acontecesse. Mas, muitos carnistas realmente querem começar a reduzir seu impacto ambiental e tentar implementar algumas atitudes sem crueldade animal, para, futuramente, adotar o veganismo como modo de vida.

Nós, como amigos, podemos deixar essas mudanças mais fáceis, eficazes e agradáveis o quanto for possível. Incentivá-los a adotar alguns hábitos veganos vai ajudar no processo de transição para o veganismo.

Incentivando hábitos veganos

Os benefícios de abandonar produtos de origem animal parecem óbvios. Mas, muitas vezes são incompreensíveis para os outros. Então, a seguir há algumas coisas que podemos sugerir aos nossos amigos onívoros que têm pouco ou nenhum impacto em suas vidas, ao mesmo tempo em que fazem uma grande diferença na causa.

1) Hábitos veganos: investir em cosméticos veganos

Ninguém realmente quer estar usando maquiagem e produtos de cabelo que foram testados em animais. Muitas pessoas somente não sabem quais produtos são livres de crueldade. E, ainda, não conhecem a diferença entre dermatologicamente testado e vegano.

Hoje, há várias marcas que vendem mercadorias livres de crueldade animal, com lojas físicas e online. Mostre a seus amigos a variedade de cosméticos e maquiagens cruelty-free que existem.

2) Hábitos veganos: usar produtos de limpeza sem crueldade

Muitas pessoas nem sequer pensam que existem produtos de limpeza sem crueldade animal. Se você tem um amigo que usa produtos desse tipo convencionais, por que não apresentar a ele opções veganas? Muitas empresas já até mesmo usam embalagens recicladas, promovendo ainda mais sustentabilidade.

3) Hábitos veganos: incentivar a vestir couro vegano

O couro é um material requisitado por muitas pessoas. Então, por que não apresentar aos seus amigos opções de couro vegano? Hoje, há várias empresas de vestuário que já vendem roupas e acessórios com o material sem crueldade animal, feitos com ingredientes totalmente naturais e que não deixam nada a desejar.

4) Hábitos veganos: consumir bebidas veganas

Muitos que não são veganos desconhecem que muita bebida contém produtos de origem animal. E aqueles que têm ciência disso, não sabem como procurar por vinhos e cervejas sem crueldade animal.

Existem diversas cervejas vegan-friendly, mas, muitos vinhos não. Grande parte é tradicionalmente produzida envolvendo ingredientes de origem animal, como a caseína (uma proteína do leite), a albumina (clara de ovo), a gelatina (proteína animal) ou a isinglass (proteína da bexiga de peixe).

Enquanto a maioria dos vinicultores não incluir logotipos veganos em suas garrafas, tudo o que você precisa fazer é olhar para os rótulos, para saber se há a participação dessas substâncias de origem animal nas bebidas.

Por que não sediar uma noite de degustação vegana, usando alguns vinhos veganos?

5) Hábitos veganos: experimentar comida vegana

Cada vez mais pessoas estão abertas a experimentar novos alimentos veganos e apreciá-los por ser uma alternativa totalmente diferente. Sugira a seus amigos que experimentem comida vegana em alguma reunião ou festa, por exemplo.

O futuro ideal para a maioria de nós é aquele em que ninguém quer ser lembrado de que uma vez comeu carne ou laticínios. Então, vamos começar agora.

Miranda Larbi é jornalista especializada em saúde e fitness. Escreve sobre veganismo para o portal Plant Based News, The Sun e Metro UK.

*Fonte: Plant Based News

*Imagem: divulgação



Deixe seu comentário