Jornal da Globo destaca o crescimento do mercado vegetariano no Brasil

0

Na última sexta-feira (19), o Jornal da Globo exibiu uma matéria destacando o crescimento do mercado vegetariano no Brasil. A reportagem mostrou como algumas empresas têm ampliado seu estoque de produtos veganos e como estão surgindo mais empreendedores para atender este público.

A matéria começa contando o caso de uma marca que vende cosméticos veganos, que cresceu 55% em dois anos. A estimativa é que os lucros aumentem mais 20% ainda em 2019.

“As empresas não priorizavam isso antes porque não tinha essa consciência. Agora, tem tudo: comida vegana, maquiagem vegana, etc.”, declara uma das entrevistadas.

Uma grife de roupas sem ingredientes de origem animal também foi destaque na reportagem. A empresa não usa lã, couro, nem seda para fabricar suas peças.

Crescimento do mercado vegetariano impulsiona aumento de opções sem ingredientes de origem animal em restaurantes

A matéria ressalta que o número de vegetarianos cresceu 75% nos últimos seis anos no Brasil. Essa expansão está fazendo com que muitos restaurantes, que antes não tinham opções para este público, adotem alternativas sem ingredientes de origem animal em seus estabelecimentos.

A repórter analisa que, no Leblon, bairro nobre no Rio de Janeiro (RJ), cinco novos restaurantes veganos e vegetarianos foram inaugurados nos últimos anos.

Fábio Donato D’Ângelo, dono de um desses espaços, salienta que um dos objetivos é mostrar para as pessoas que a alimentação vegetariana estrita tem muito sabor, além de ser saudável e acessível. “A nossa ideia é quebrar esse tabu de que a comida vegana é sem gosto e cara. Nós oferecemos uma comida de qualidade e saborosa”, ressalta.

A reportagem destaca, ainda, a criação do hambúrguer à base de vegetais, desenvolvido pelo brasileiro Marcos Leta. “Basicamente, ele é um blend de vegetais: soja, ervilha e grão-de-bico”, explica o empresário. Em dois meses, a marca já vendeu mais de 2 milhões unidades.

O chef de cozinha e empresário de um dos estabelecimentos que adotou o hambúrguer à base de vegetais, Thomas Troisgros, informa que a demanda pela alimentação sem ingredientes de origem animal aumentou e, hoje, representa 30% do seu lucro.

A matéria mostra também um açougue vegano, que comercializa produtos congelados e prontos para serem consumidos.

Confira a reportagem na íntegra aqui.

*Fonte e imagem: Jornal da Globo

Você também pode gostar de ler:

–  Revista Veja destaca crescimento do veganismo e indica opções veganas para alimentação

Revista PEGN destaca o crescimento do mercado vegano

SVB fala no programa Todo Seu – TV Gazeta sobre o crescimento do vegetarianismo

 



Deixe seu comentário