Príncipe Khaled assina contrato para levar cadeia de fast food vegano ao Oriente Médio

0

O príncipe Khaled bin Alwaleed bin Talal vai abrir uma rede de fast food vegano no Oriente Médio. As informações foram reveladas ao jornal Arabian Business. O empresário, que segue a dieta vegetariana estrita, tem o objetivo de mostrar aos árabes o quanto a comida baseada em vegetais é boa, além do quanto ela pode ser saborosa. Para ele, os pratos oferecidos precisam atrair, principalmente, aos que ainda não aderiram ao veganismo, grupo que é seu público-alvo no momento.

*Por Maria Chiorando para o Plant Based News

O investidor e empresário vegano Khaled bin Alwaleed bin Talal assinou um acordo para levar uma cadeia de fast food vegana ao o Oriente Médio.

Ele revelou a notícia sobre o Plant Power Fast Food em uma entrevista à Arabian Business (veja mais aqui). Khaled, fundador e CEO da KBW Ventures (conheça aqui ), diz que a cadeia atende a alternativas baseadas em vegetais para a comida considerada “fast-food”, que vai incluir hambúrgueres, cachorros-quentes e milk-shakes veganos.

Fast food vegano: comida vegana em terras árabes

“Acabamos de fechar um acordo para investir com eles e ter o direito de abrir essas filiais de fast food na região”, disse ele à publicação. “É um restaurante incrível, e eu não poderia estar mais feliz com os sócios. Nós temos a mesma missão e paixão. É uma bela parceria e eu não poderia estar mais feliz em fazer parte disso”, diz o empresário.

Fast food vegano: veganismo e a saúde

Falando à PBN sobre os planos, Khaled disse que quer mostrar às pessoas quão saudável e deliciosa uma dieta baseada em vegetais pode ser. “O mais importante é a qualidade da comida”, disse ele. “Eu quero me concentrar nas pessoas que ainda não são veganas. Para que, assim, elas possam fazer a transição e se tornarem consumidoras responsáveis”, declara Khaled.

*Fonte: Plant Based News

*Imagem: divulgação



Deixe seu comentário