Fantástico denuncia esquema de quadrilhas que roubam e matam gado em condições de extrema crueldade

0

Embora esse assunto não seja novidade na cruel indústria da carne, o programa Fantástico, da Rede Globo, levou ao ar neste domingo uma reportagem sobre roubo de gado.

Quadrilhas furtam o gado das fazendas, e até mesmo ovelhas, transportam ou matam os animais no local do ataque mesmo, em condições extremamente cruéis, e vendem a carne para açougues ligados ao esquema. Esse tipo de crime, além de ser bárbaro com os animais, também é uma questão de saúde pública, pois não há nenhuma inspeção sanitária.

No Rio Grande do Sul são 30 ocorrências por dia. Os fazendeiros estão organizando milícias para proteger o gado.

Os bandidos também roubam os animais quando o criador está passando com o caminhão. Em um roubo, 30 ovelhas foram imprensadas num carro de passeio ao serem roubadas. Quando um dos caminhões chegou a atolar com o gado roubado, os bandidos colocaram fogo nos animais vivos para “sumir com as provas”.

Os ladrões de gado agem quase sempre à noite e à cavalo para fazer pouco barulho. Usam armas de fogo e faca. “Sangra ali, tira o bucho, traz com couro e tudo. Laçava, matava, carneava e levava em cima do cavalo. Em mais ou menos 20 minutos desconjuntava uma vaca. O caminhão levava por volta de 60 cabeças por semana”, revela um ladrão de gados.

Um dos donos de açougue ligado ao esquema da quadrilha chegou a assinar a carteira de trabalho de um ladrão de gados como se ele fosse açougueiro. Era uma fachada para o ladrão reunir os animais para depois serem furtados.

Assista à reportagem na íntegra abaixo:

Fonte: Fantástico

Imagens: divulgação / G1



Deixe seu comentário