Elefanta Ramba, resgatada de maus-tratos no Chile, vive feliz e já fez amizades em santuário

0

A elefanta Ramba, que foi resgatada no Chile, está morando no Santuário de Elefantes Brasil, localizado na Chapada dos Guimarães – Mato Grosso, e já fez amizades no novo lar.

elefanta rambaMuitos elefantes que vivem em cativeiro perdem seu instinto de manada devido ao isolamento forçado. No entanto, Ramba está conseguindo se socializar bem com seus colegas no santuário, como Rana.

Neste vídeo, é possível ver que Ramba entra em um galpão, quando Rana já estava lá, e a toca, demonstrando afeto.

A adaptação de Ramba está sendo muito tranquila, garantindo mais confiança a ela a cada dia que passa. Ramba tem acesso à natureza e está sendo bem cuidada pela equipe do santuário.

“Os tempos de trauma e isolamento de nossas meninas são apenas parte de seu passado distante. Será para Ramba também. Ela, corajosamente, dá seus primeiros passos para cura o que, instintivamente, já sabe”, informa o santuário em suas redes sociais.

Elefanta Ramba era maltratada no Chile e foi resgatada por santuário

Com 53 anos de idade, a elefanta Ramba passou parte de sua vida sendo explorada e maltratada em diversos circos na Argentina, até ser levada ao Los Tachuelas, o circo mais famoso do Chile.

Até hoje, Ramba possui diversas cicatrizes devido ao uso de correntes nos circos. Ela desenvolveu, ainda, problemas renais crônicos, como consequência da falta de água potável nos locais onde era maltratada.

Em 2011, a elefanta foi salva pelo Parque Sáfari do Chile. Porém, devido aos invernos rigorosos do local, Ramba estava sofrendo e precisava de um novo lar. Então, em outubro de 2019, após esforços de ativistas e defensores da causa animal, o Santuário de Elefantes Brasil conseguiu transferi-la para o Brasil.

Hoje, Ramba está muito feliz, tendo direito a uma vida digna, como todos os animais merecem.

*Fontes: Santuário de Elefantes Brasil; Agência Brasil

*Imagens: Santuário de Elefantes Brasil

Você também pode gostar de ler:

Índia recebe seu primeiro hospital de elefantes

Santuário de Elefantes Brasil

O que o fim do maior circo do mundo representa para os direitos dos animais



Deixe seu comentário