Dia Mundial dos Animais e da Natureza: somos parte de um todo

0

Nesta quinta-feira (04), comemoram-se o Dia Mundial dos Animais e o da Natureza. A data foi estabelecida para celebrar toda forma de vida animal e destacar a importância de protegermos a natureza, da qual os animais fazem parte. Animais humanos, não humanos e a natureza necessitam viver em harmonia para manter o equilíbrio do planeta. Somos parte de um todo e precisamos uns dos outros!

Sobre o Dia Mundial dos Animais

O Dia Mundial dos Animais foi criado durante uma convenção de ecologistas, em Florença, na Itália, em 1931.

É uma data para celebrar toda a forma de vida animal, de seres sencientes domésticos ou não. Animais, como: peixes, vacas, aves, porcos, cabras, cães, gatos, cavalos, jumentos, elefantes, ursos, visons, entre outros, são mortos e explorados diariamente, a cada minuto, em fazendas, abatedouros, laboratórios, circos, zoológicos, na indústria do leite e de ovos, para utilização de seus pelos e pele etc.

A comemoração deste dia seria perfeita se todos os animais tivessem direito à liberdade para viverem suas vidas de forma digna, com respeito. A Organização Mundial da Saúde estima que há cerca de 30 milhões de animais abandonados no Brasil (saiba mais aqui). Outro dado preocupante, é a quantidade de abates no país (veja mais aqui), que só aumenta. Projetos de lei que visam proteger os animais da crueldade são embargados, sem justificativas (saiba mais aqui).

Esses números e fatos mostram como estas criaturas inocentes precisam ser mais respeitadas e salvas da indústria da carne e da exploração desenfreada que ocorre em diversos setores do mercado. Por isso, vamos continuar trabalhando em prol dos animais. Seremos sua voz, levaremos informação e compaixão para que as pessoas possam refletir sobre suas atitudes e mudar hábitos.

Mais do que uma celebração, o Dia Mundial dos Animais serve para conscientizar as pessoas sobre os direitos animais. Além de lembrá-las das espécies em extinção e alertar sobre a crueldade cometida contra seres indefesos.

Dia da Natureza: sem motivos para comemorar

O Dia da Natureza surgiu com o objetivo de mostrar a todos o quanto o meio ambiente é essencial para os seres vivos. Porém, o ser humano está destruindo a natureza, sem piedade. Cada vez mais fica mais claro, por meio de dados, que a natureza se degrada ano a ano.

Depois de 26 anos da Eco 92, que estabeleceu uma agenda de 21 compromissos que as nações deveriam cumprir para melhorar a relação da humanidade com a natureza, o ser humano mostrou que o dinheiro é mais importante para ele.

Segundo dados do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia, o desmatamento na Amazônia Legal aumentou 199% em relação ao mês de agosto de 2017 (consulte aqui).

De acordo com a ONG Global Footprint Network (conheça aqui), o conjunto dos recursos que a natureza pode renovar em 2018 se esgotou em agosto (veja aqui).

Todo ano a organização realiza esse levantamento, para mostrar como o homem está acabando com o meio ambiente.

Esses dados revelam que a ganância do homem não diminui e, quem padece, são os animais e a natureza.

O desmatamento desenfreado da Amazônia para a pecuária (saiba mais aqui), a caça ilegal e tráfico de animais silvestres, o lixo jogado em rios, mares e lagos, matando milhares de espécies marinhas e poluindo a água, o solo castigado pelos pesticidas na agricultura, afetando lençóis freáticos são alguns dos diversos exemplos de ações indevidas realizadas pelo homem. O resultado dessas atitudes afeta negativamente a vida em geral da natureza, dos animais, do planeta e, claro, do próprio ser humano.

Lute pela conscientização

Apesar de tudo, muitos ainda lutam para salvar o planeta e entendem que fazemos parte de um todo. Precisamos uns dos outros e devemos viver em harmonia.

No Dia da Natureza também são realizadas ações para conscientizar as pessoas sobre a importância de preservá-la.

Atividades como plantar uma árvore, limpar uma praia ou um parque e reciclar materiais, por exemplo, são atitudes que têm como objetivo homenagear a data e fazer com que as pessoas as pratiquem também durante o restante do ano.

O Dia Mundial dos Animais e o Dia da Natureza deve se lembrado e exaltado. Dessa forma, seus direitos e proteção podem ser garantidos por todas as pessoas. Contribua como puder com os animais e a natureza, em prol de um mundo melhor e mais digno para todos!

*Imagem: divulgação



Deixe seu comentário