Suíça vota em breve proibição de fazendas de criação de animais para consumo

0

O governo da Suíça votará em breve se as fazendas de criação de animais para consumo devem ser proibidas no país. A atividade está sofrendo forte pressão de ativistas da causa animal. Eles estão tentando mostrar a todos o sofrimento imposto aos animais.

*Por Jemima Weber para o LiveKindly

A Suíça está considerando proibir fazendas de criação de animais para consumo. A votação tornou-se possível após a coleta de 100.000 assinaturas de ativistas, pedindo ao governo para vetar a atividade.

“Cerca de 50% de todos os porcos criados na Suíça são abatidos sem nunca terem visto o céu”, disse Meret Schneider, co-diretor do grupo de pesquisa em direitos animais Sentience Politics.

“Mais de 80% das galinhas mantidas na Suíça nunca ficam em um pasto. Elas atingem o peso de abate quando têm apenas 30 dias de idade”, argumenta.

As fazendas de criação de animais para consumo também contribuem para as mudanças climáticas, escassez de água e fome.

“A Suíça importa 1,2 milhão de toneladas de ração para os animais a cada ano para produzir a quantidade necessária de produtos de origem animal”, disse Vera Swerin, presidente da Fundação Franz Weber, organização que trabalha para proteger o planeta.

Mais pesquisas estão descobrindo o impacto da criação de animais para consumo no mundo. O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) se referiu à carne como “o problema mais urgente do mundo”.

“O uso de animais como tecnologia de produção de alimentos nos levou à beira da catástrofe”, afirmou o PNUMA. “A emissão de gases de efeito estufa da agricultura animal rivaliza com a de todos os carros, caminhões, ônibus, navios, aviões e foguetes”, declara o órgão.

Petição que visa proibir fazendas de criação de animais para consumo começou em 2018

A petição foi lançada em junho de 2018. A iniciativa visa acabar com as fazendas de criação de animais para consumo no país.

“O fato de termos conseguido enviar essa petição tão rapidamente mostra o quanto as pessoas na Suíça se preocupam com os animais. A maioria desconhece como os animais são criados em condições insuportáveis”, disse Silvano Lieger, co-diretor da Sentience Politics.

“A criação de animais para consumo é inaceitável e devemos usar o poder da democracia direta para também torná-la ilegal”, acrescentou Lieger.

Suíça e bem-estar animal

O governo suíço também deve votar se testes em animais de produtos vendidos no país devem ser permitidos. A votação foi possível depois que os peticionários coletaram o mínimo de 100.000 assinaturas necessárias para que a pauta entrasse em discussão.

Em 2018, a Suíça tornou ilegal o ato de ferver crustáceos, devido a preocupações com o bem-estar dos animais.

Recentemente, foi relatado que 2,6 milhões de suíços (31% da população), estão reduzindo ou reduziram totalmente o consumo de carne.

O governo suíço ainda não definiu uma data para a votação da proibição de fazendas de criação de animais para consumo.

*Fonte: LiveKindly

*Imagem: divulgação

Você também pode gostar de ler:

Poluição do ar vem de fazendas de exploração animal e afeta função cognitiva humana, diz estudo

Pesquisa mostra que 47% dos norte-americanos concordam com o fim dos matadouros

Como a agropecuária está destruindo o meio ambiente



Deixe seu comentário