Cosméticos orgânicos, naturais e veganos: em harmonia com a sua pele

0

Os cosméticos orgânicos, naturais e veganos estão ganhando espaço cada vez mais no mercado de beleza e saúde. Muitas pessoas perceberam que os produtos sintéticos danificam a pele e podem ser causadores de sofrimento de animais e degradação ambiental.

Ao usar uma maquiagem ou um creme de origem orgânica, natural e vegana, você não envia substâncias químicas nocivas ao seu organismo. Além disso, não  agride os animais e o meio ambiente, que também são objetivos dessas fabricações.

Vantagens e propriedades dos cosméticos orgânicos, naturais e veganos para a sua pele

Os produtos orgânicos, naturais e veganos não possuem matéria-prima sintética e elementos provenientes de petróleo, como silicone e óleos minerais. Eles também não levam em sua composição ingredientes geneticamente modificados e agrotóxicos. São cruelty free e seus resíduos costumam ser mais suaves.

Essas fabricações são mais eficientes que as tradicionais. Por exemplo, os hidratantes orgânicos têm óleos essenciais que, diferentemente dos minerais, penetram na pele, nutrindo a região cutânea. Esta característica é muito encontrada neste tipo de criação, pois, ao contrário dos produtos convencionais, permitem uma maior absorção de nutrientes na pele, devido aos seus elementos e processo de produção.

Para quem tem uma derme muito sensível, os cremes e maquiagens veganos são ótimas opções. Como não têm substâncias de origem animal, a probabilidade de causar alergias e irritações são quase nulas. O mesmo benefício se aplica aos produtos naturais, que não provocam reações e vermelhidões em quem usa.

Tanto os cosméticos orgânicos como os naturais têm propriedades regenerativas e antioxidantes. Essas funções proporcionam o rejuvenescimento da pele. Também são altamente hidratantes.

Além dessas vantagens, ao utilizar cosméticos orgânicos, naturais e veganos, seu corpo não vai absorver elementos nocivos, derivados dos sintéticos. Muitos deles podem causar até mesmo doenças graves no futuro, como câncer.

Entre os compostos químicos mais perigosos, se destacam os parabenos, indicados como cancerígenos em pesquisas. Eles geralmente são aplicados como conservantes em hidratantes, protetores solares, xampus, entre outros.

Outro ingrediente comum nos cosméticos sintéticos é o alumínio, geralmente achado em desodorantes. O Alluminium, termo técnico dele, pode ocasionar câncer de mama. Apesar da relação da substância com a doença, o National Cancer Institute  procura não afirmar, por falta de provas conclusivas.

Produtos orgânicos, naturais e veganos são benéficos para a saúde e para a sociedade

Os cosméticos orgânicos, naturais e veganos são mais preocupados com a natureza. Muitas empresas usam embalagens recicladas, que não vão causar danos ao ecossistema. O processo de produção destas criações estéticas também favorece um modelo de fabricação conhecido como “slow”. Este conceito valoriza os pequenos produtores, já que este tipo de cosmético, por ser de alto custo financeiro, não costuma ser feito em larga escala, o popular sistema “fast”.

Dessa forma, por serem produtos fabricados em pequena escala, enaltecem o trabalho de comunidades locais. Assim, o lucro vai para quem realmente se importa com a natureza, não para a indústria.

*Fontes: Revista Época; Truccos de Belleza Caseros; Lar Natural; ImGrower; Revista Pequenas Empresas e Grandes NegóciosGreenMe

*Imagem: divulgação



Deixe seu comentário