Corujas amarradas pelos pés em exposição reforçam crueldade com animais

0

Todos os dias presenciamos algum tipo de crueldade com animais. Na última quarta, 28/02, o Shopping Eldorado, na capital de São Paulo, se envolveu numa polêmica. Está acontecendo uma exposição chamada “Casa dos Bruxos”, na qual havia corujas amarradas pelas patas, das 10 da manhã até às 22h, todos os dias ( menos segunda), para que as pessoas pudessem tirar fotos.

Após o fato chegar ao seu conhecimento, a ativista e apresentadora Luisa Mell, revoltada com o caso, fez um post em sua página do Facebook (veja aqui), denunciando a exposição. Em seguida, ela foi até o local junto com outros ativistas, a polícia ambiental e o IBAMA.

O evento “Casa dos Bruxos” e o responsável pelos animais foram autuados por exploração comercial de animal silvestre e o Shopping Eldorado se comprometeu a nunca mais permitir esse tipo de atividade em suas dependências. Depois da denúncia, o evento continuou apenas com corujas de pelúcia. Luisa Mell também reportou todo o processo em suas redes sociais (leia aqui).

Em resposta, o Shopping Eldorado divulgou duas notas. Na primeira, se posicionou contra qualquer tipo de maus-tratos e disse que estava apurando as denúncias. Já na segunda, anunciou a suspensão das corujas vivas da exposição “Casa dos Bruxos”.

Crueldade com animais é recorrente no mundo todo

Infelizmente esse não é um caso isolado envolvendo crueldade com animais para entretenimento.

Em todo o mundo, diversas espécies sofrem há anos com a exploração humana, seja para atrações em circos, aquários, zoológicos, passeios de charrete, parques ou outros tipos de “diversões” para as pessoas. Atualmente, várias atividades já são consideradas ilegais, mas ainda há muito o que se fazer para libertar os animais desta forte e lucrativa indústria.

Aqui no Mimi Veg já foram divulgados outros episódios, como o caso das selfies com animais silvestres (leia aqui), em que eles são afastados de suas mães desde cedo e criados em cativeiros para serem explorados, chegando até a perderem suas vidas.

Recentemente, falamos sobre o desrespeito com o corpo de uma baleia encontrada no litoral do Chile, em que as pessoas subiam e sentavam para tirar selfies e riscavam seus nomes nela com uma pedra. Reveja o caso aqui.

A exploração de corujas na exposição “Casa dos Bruxos” no Shopping Eldorado teve fim graças às denúncias feitas pelas pessoas. Não está em nossas mãos o poder de controlar esse tipo de atividade que acontece o tempo todo, mas podemos contribuir para que chegue ao fim não participando de nenhum evento que envolva animal, denunciando maus tratos e crimes sempre que presenciar, se manifestando e exigindo providências. Assim, ficará claro, cada vez mais, que a sociedade já não tolera maus tratos contra os animais, seja ele qual for e com qualquer espécie animal.

*Fontes: Facebook Luisa Mell / Facebook Shopping Eldorado / Facebook Luisa Mell / Facebook Shopping Eldorado

*Imagem: Luisa Mell / divulgação



Deixe seu comentário