Justiça determina medicação de graça para cachorro com Leishmaniose

0

Vítor, cão diagnosticado com leishmaniose, foi beneficiado por uma decisão da justiça em Caruaru – Pernambuco.

Transmitida pela picada do “mosquito-palha” ou “mosquito pólvora”, a leishmaniose é uma doença que pode acometer tanto seres humanos quanto cães. Até então, os animais diagnosticados com a doença normalmente eram sacrificados. A leishmaniose não tem cura, mas, em alguns casos, o animal pode ser tratado e ter qualidade de vida. Algumas pessoas ainda acreditam que o cão pode transmitir a doença diretamente para o humano, mas isso é um mito. Mordidas, lambidas, arranhões e contato físico não passam leishmaniose de cães infectados para humanos. É necessário o inseto, para que possa haver a transmissão e transformação do parasita.

Tratamento para leishmaniose pode custar mais de R$ 1.000,00

Ocorre que o remédio para o tratamento pode custar até R$ 1.000,00 ou mais, e durar um mês. A tutora de Vítor, Gabriela, que o resgatou após ser atropelado, procurou a justiça e conseguiu que o cão dela receba a medicação de graça.

O GAEDA – Grupo de Apoio Especial e Defesa Animal, que atua em Caruaru, entrou com uma ação na justiça, orientada pelo juiz federal Dr. Vicente de Paula Ataide Junior, pedindo que a medicação necessária fosse custeada pelo poder público.

“O direito animal é respaldado pelo princípio da dignidade. Esse princípio prevê diversos princípios fundamentais. O direito que nós pleiteamos para Vítor foi o direito à saúde, no qual a sua tutora não tinha condições de arcar com a medicação, e nós pleiteamos através do direito animal que essa medicação fosse fornecida pelo município a esse animal não humano”, disse Anderson Correia, advogado animalista.

O juiz José Adelmo Barbosa da Costa Pereira, do Tribunal de Justiça de Pernambuco, determinou que o estado de Pernambuco e o município de Caruaru forneçam remédio para o tratamento de Vítor.

Assista ao vídeo e entenda como esse benefício foi concedido ao cão e conheça detalhes sobre a Leishmaniose:

*Vídeo enviado pelo Dr. Vicente de Paula Ataíde

*Fonte e imagem: AB TV 1a. edição

Você também pode gostar de ler:

Entrevista com o Juiz Federal Dr. Vicente de Paula Ataide Junior sobre Direito Animal

Universidade Federal do Paraná (UFPR) idealiza Programa de Direito Animal

Curso de Pós-Graduação Lato Sensu – Especialização em Direito Animal



Deixe seu comentário