Molécula presente em brócolis pode bloquear tumores cancerígenos, aponta pesquisa

0

Pesquisadores descobriram que uma molécula presente no brócolis tem capacidade de ajudar a bloquear o câncer no organismo. De acordo com os cientistas, essa revelação pode ser a chave para novos tratamentos contra a doença.

*Por Redação para o The Good News Network

Um novo estudo mostrou que o brócolis contém um ingrediente surpreendente que poderia ser o “calcanhar de Aquiles” do câncer.

O brócolis faz parte da família de vegetais crucíferos, que inclui couve-flor, couve e couve de Bruxelas.

Essas verduras possuem uma molécula pequena, que desativa o gene responsável pelo crescimento de tumores cancerosos, conhecido como WWP1.

O principal autor do estudo, Dr. Pier Paolo Pandolfi, diretor do Centro de Câncer e Instituto de Pesquisa do Câncer do Beth Israel Deaconess Medical Center, disse que a descoberta pode abrir caminho para um novo tratamento para a doença.

Pandolfi e sua equipe suspeitavam que um gene chamado PTEN poderia causar irregularidades e defeitos no WWP1.

A equipe de pesquisadores verificou que o WWP1 produz uma enzima que supera a atividade supressora de tumor do PTEN. Eles também observaram que há uma molécula encontrada em vegetais crucíferos, chamada indole-3-carbinol (I3C), que pode despertar as propriedades de combate ao câncer do PTEN.

Molécula presente em brócolis pode ser peça fundamental para novos tratamentos

Pandolfi disse que a molécula pode ser a chave para revelar “um dos mais importantes cerceadores de tumor na história da genética do câncer”.

“Este caminho surge não apenas como um regulador para o controle do crescimento do tumor, mas também como um calcanhar de Aquiles que podemos direcionar com opções terapêuticas”, disse Pandolfi. “Essa novidade abre caminho para uma abordagem de reativação opressora de tumores há muito procurada para o tratamento do câncer”, explica.

A equipe planeja continuar sua pesquisa. Os cientistas querem descobrir uma maneira prática de fornecer I3C a pacientes com câncer e ativar as propriedades supressoras de tumor no PTEN.

*Fonte: Good News Network

*Imagem: divulgação

Você também pode gostar de ler:

Dietas à base de carne matam mais pessoas do que o tabaco, segundo pesquisa

Proteína vegetal: a importância do consumo

Alimentação vegana evita a emissão de toneladas de CO2, diz pesquisa



Deixe seu comentário