Batatas podem substituir insetos que são utilizados como corante em alimentos

0

Uma empresa da Dinamarca desenvolveu batatas que podem ser usadas como corantes em produtos alimentícios. A criação é fruto de uma pesquisa de dez anos e, agora, é uma alternativa vegana em substituição ao carmim, ingrediente proveniente de besouros.

*Por Redação para o LiveKindly

Uma empresa de biociência dinamarquesa descobriu uma alternativa para o carmim alimentício à base de insetos usando batatas.

A empresa desenvolveu uma batata-doce usando a criação seletiva nos últimos dez anos. O resultado é um vegetal altamente pigmentado que fornece o mesmo nível de cor vermelha vibrante que o carmim.

Batatas substituem insetos: o que é carmim?

O carmim é tradicionalmente feito de cochonilhas esmagadas – parentes das cigarras -, que vivem de cactos em países latino-americanos. Eles são predominantemente cultivados no Peru e se tornaram um ingrediente básico para muitas empresas do setor alimentício.

A cor vermelha viva da cochonilha é proveniente do ácido carmínico. Este componente  compõe quase um quarto do peso dos insetos.

Segundo o Museu de Ciências Naturais de Houston, o uso de carmim remonta há milhares de anos, com incas e astecas usando besouros como corante (veja mais aqui). De acordo com a instituição, a cochonilha era tão altamente valorizada que as sacolas dos insetos secos eram usadas como moeda ou como tributo.

Hoje em dia, o carmim ainda é muito utilizado. Em 2017, os agricultores peruanos exportaram quase 650 toneladas, cerca de US $ 46,4 milhões – de carmim.

Batatas substituem insetos: caça às alternativas veganas

Embora muitas empresas relutem em se afastar do carmim, existem algumas marcas – como a cadeia de lojas de conveniência britânica Premier Foods – dispostas a buscar alternativas veganas. “Continuamos a procurar alternativas, que além de naturais, também seriam adequadas para vegetarianos”, declara o porta-voz da empresa.

A organização de direitos dos animais PETA acrescenta que o carmim é um ingrediente que muitos querem evitar. “Leva até 70.000 insetos individuais para produzir apenas 500g de corante. Então, naturalmente, é um produto que os consumidores compassivos vão querer evitar”, informa a organização.

De acordo com a Gentle World, os besouros chatos de corpo mole são colocados em sacos depois de serem escovados dos cactos. Em seguida, são levados para a fábrica de produção de carmim. Os besouros são, então, imersos em água quente, expostos à luz solar, vaporizados ou aquecidos. Uma vez que o carmim – extraído do abdômen do besouro – está seco, ele é moído em pó (confira mais aqui).

Há esperança, à medida que mais pessoas estão adotando estilos de vida baseados em vegetais. Para a PETA, o crescimento do veganismo está estimulando que empresas busquem alternativas. “Felizmente, o rápido crescimento no número de pessoas seguindo um estilo de vida vegano está incentivando cada vez mais empresas a desenvolver produtos amigos dos animais”, declara a entidade.

Batatas substituem insetos: batata-doce como alternativa ao carmim

A empresa Chr. Hansen pode ter a resposta para aqueles que procuram alternativas veganas, com seu recém-desenvolvido substituto vermelho brilhante à base de batata-doce. “Há mais de 10 anos, descobrimos um pigmento promissor em tubérculos”, disse Jakob Dalmose Rasmussen, vice-presidente de desenvolvimento comercial da Chr. Hansen. “Pegamos esse vegetal e iniciamos um processo de reprodução seletiva usando métodos tradicionais”, continua Rasmussen.

“O resultado é um vermelho brilhante à base de vegetais, que dá aos nossos clientes uma alternativa natural às cores carmim e sintéticas”, afirma.

“Como os consumidores se movem em direção a escolhas vegetarianas e veganas, a necessidade de uma alternativa ao carmim se tornou mais urgente”, diz o vice-presidente.

Em comparação com outras cores de alimentos vermelhos derivados naturalmente, esta alternativa de batata-doce é leve e estável ao calor, o que a torna ideal para uso em panificação.

“A beterraba é um pigmento vermelho rosado com um custo de uso muito baixo”,  disse Penille Borre Askorg, gerente sênior de marketing global da Chr. Hansen “Mas, não é resistente ao calor e é mais rosada. A cenoura também é uma solução vermelho-rosada mais eficiente em termos de custo. Mas, se houver necessidade de uma solução estável vermelha brilhante, a cenoura pode ficar muito rosada ou sem brilho”, explica.

Batatas substituem insetos: quais alimentos usam carmim atualmente?

O carmim está presente em vários produtos alimentícios. De acordo com Nathalie Pauleau, gerente de categoria da Naturex, empresa de ingredientes à base de vegetais, é o corante alimentício mais utilizado em produtos de carne vermelha.

O corante alimentício derivado de insetos também é usado em produtos lácteos, adicionando cor a bebidas de morango e sobremesas congeladas como sorvete, bem como iogurtes e smoothies. Ele também é usado em toda a indústria de confeitos.

Batatas substituem insetos: como evitar completamente o carmim?

Na indústria alimentícia, algumas categorias são mais fáceis de evitar do que outras. Produtos como carne vegana estão chegando ao mercado o tempo todo, completamente livres de ingredientes de origem animal, incluindo o carmim.

Na indústria de confeitaria, doces veganos, que não levam carmim, estão se tornando mais fáceis de encontrar.

*Fonte: LiveKindly

*Imagem: divulgação

 

 



Deixe seu comentário