5 exemplos chocantes de atrações animais abusivas que ainda estão listadas no TripAdvisor

0

Se você procura atrações animais abusivas esqueça a pesquisa na internet e vá direto ao TripAdvisor. A página lista sugestões de extrema crueldade que vão desde comer uma espécie vulnerável até posar com um tigre drogado.

A página fez uma reformulação em sua política de bem-estar animal em 2016. Mas, o site continua sendo um importante canal de publicidade para espaços que exploram animais em toda a Ásia.

O TripAdvisor não pode mais vender ingressos diretamente para locais que oferecem contato com animais silvestres. No entanto, o site ainda lista os espaços em sua página. E estes locais postam opiniões positivas que incentivam os turistas a visitar tais regiões.

TripAdvisor

 

Esta atitude não apenas causa um ciclo interminável de sofrimento aos animais, mas também configura a crueldade animal com esta simples mensagem, já que as atividades prejudicam o bem-estar animal, impedindo seu comportamento natural.

Nos exemplos mostrados a seguir, os animais são mortos, servem de alimento, são roubados da natureza ainda bebês, espancados e treinados para se submeterem a apresentações para humanos. Há, ainda, o grupo que é drogado para que sejam tiradas fotos. Em todos os casos, os interesses dos animais são desconsiderados na busca pelo lucro.

Veja 5 exemplos de atrações animais abusivas disponíveis no TripAdvisor:

– “Snake Village”, no Vietnã: Este restaurante vende cobras – incluindo cobras-rei (uma espécie vulnerável) – que são mortas na frente dos clientes antes de serem cozidas. Antes da morte, o coração ainda pulsante da serpente é retirado de seu corpo e colocado em um copo para que o visitante coma. O TripAdvisor ainda vende ingressos para este tipo de passeio que é muito popular entre mochileiros ocidentais.

– “True Bali Experience”, na Indonésia: O local oferece atividades como rafting, mas o principal negócio é o passeio em elefantes. O espaço também tem 3 ursos em cativeiro. Os animais são oferecidos para serem abraçados como bebês humanos e assim os turistas tiram fotos.

– “Dolphin Lodge”, na Indonésia: Os turistas pagam para abraçar, serem levantados e puxados na água por golfinhos em cativeiro. Os golfinhos são mantidos em um cercado de água do mar, muito pequeno para suas necessidades, comprometendo assim seu bem-estar. Além do mais, esta interação próxima com o ser humano é totalmente inapropriada para a espécie.

– “Can Gio Mangrove Biosphere Reserve”, no Vietnã: Este local, reconhecido pela UNESCO, é uma área extremamente importante para a população de macacos selvagens do Vietnã. No entanto, o espaço conta com um circo de macacos, onde os animais ficam encarcerados e são obrigados a fazerem truques como andar de bicicleta e fazer ginástica para o público. O TripAdvisor ainda vende ingressos para esta atração.

– “Tiger Kingdom”, na Tailândia: As interações humanas com animais selvagens – como tocar e tirar fotografias – não são saudáveis para o bem-estar do animal. No entanto, em busca de lucros, os locais não deixam isso claro. No Tiger Kingdom, os turistas pagam para tirar fotos e brincar com os tigres. Ainda podem escolher se querem interagir com adultos ou filhotes.

Ajude a acabar com atrações animais abusivas

Permitir que esses locais continuem se autopromovendo é completamente antiético. Ajude na campanha e assine aqui a petição que exige que o TripAdvisor retire de sua plataforma os locais que exploram animais.

*Fonte: One Green Planet

*Imagem: divulgação



Deixe seu comentário