Aquário de Vancouver não terá mais baleias e golfinhos em cativeiro

0

O aquário de Vancouver, no Canadá, anunciou que encerrará a prática de manter baleias e golfinhos em cativeiro depois da pressão do público.

*Por Ashifa Kassam

Durante anos, o aquário de Vancouver evitou a pressão de ativistas dos direitos dos animais, governos locais e residentes, argumentando que as baleias e os golfinhos eram fundamentais para sua missão. Entretanto, na última semana, a atração turística cedeu à pressão pública e anunciou que acabaria com a prática de manter os cetáceos (baleias e golfinhos) em cativeiro.

“Tornou-se um tema polêmico, ao ponto de parecer que estávamos apenas sequestrando estes animais”, disse John Nightingale, o presidente do aquário.

“Entendemos o tremendo valor que um animal como uma baleia beluga trouxe para o nosso aquário…a controvérsia pública chegou ao ponto em que nos impediu de avançar em nosso trabalho”.

Aquário sofreu ainda mais pressão após a morte de baleias e golfinhos

Esta campanha começou há anos na cidade do oeste do Canadá. Em maio – depois que duas baleias beluga morreram em apenas algumas semanas – as autoridades municipais votaram em proibir o aquário de trazer novos cetáceos.

O aquário prometeu lutar contra a decisão, citando os planos para uma exposição do Ártico de C$ 20 milhões com baleias e oportunidades de educação e conscientização, para continuar com os animais no cativeiro.

No entanto, a opinião pública continuou mudando – parte disso por conta da morte de cinco cetáceos em um período de 15 meses. Juntamente com as duas baleias beluga que morreram devido a uma toxina desconhecida, o aquário perdeu uma baleia assassina falsa por causa de uma infecção bacteriana e dois golfinhos, um para doença pulmonar e outro de causa desconhecida.

Outra atividade a ser pesada é o programa de resgate de cetáceos de longa data do aquário. Enquanto mais de 99% dos resgates são devolvidos à natureza, alguns não podem ser, disse Nightingale. O aquário quer alojar esses animais em suas piscinas de exibição enquanto esperam para serem movidos para suas novas casas.

O anúncio foi recebido em todo o país por ativistas dos direitos dos animais, que o descreveram como o ponto culminante de uma batalha de décadas.

Marineland, parque aquático em Niagara Falls, Ontário, agora acredita-se ser a única outra instalação do país que abriga cetáceos, como anuncia em seu site, “maior coleção de baleias beluga no mundo”.

“O Aquário de Vancouver parece ter finalmente aceito que o cativeiro de baleias e golfinhos não é mais socialmente aceitável no Canadá”, disse Camille Labchuk, da Animal Justice, associação de proteção e direitos dos animais. “A escrita está na parede para a indústria de cativeiro de baleias e golfinhos”.

*Fonte: por Ashifa Kassam / The Guardian

*Imagem: Unsplash



Deixe seu comentário