1° de novembro: Dia Mundial Vegano

0

Em 01 de novembro comemora-se o Dia Mundial Vegano. A data foi estabelecida em 1994, por Louise Wallis, no mesmo dia do aniversário de 50 anos da “The Vegan Society” (fundada em 1944). Derivado da palavra Vegetarian, utilizando-se suas três primeiras letras e as duas últimas (VEGetariAN), o termo “Vegan” foi criado por Donald Watson e Elsie (Sally) Shrigley (co-fundadora da The Vegan Society).

“O veganismo é uma forma de vida que procura excluir, tanto quanto é possível e praticável, todas as formas de exploração e crueldade com os animais para comida, roupa ou qualquer outra finalidade. Dos ‘junk food’ aos crudívoros veganos, e todos os demais que estão entre eles, há uma versão do veganismo para todos os gostos. No entanto, uma coisa que todos nós temos em comum é uma dieta baseada em vegetais, evitando todos os alimentos de origem animal, como carne (incluindo peixes, crustáceos e insetos), laticínios, ovos e mel, bem como produtos como o couro e qualquer produto testado em animais”.

(definição de veganismo, de acordo com o “The Vegan Society” – grupo que criou o termo “veganismo” – fundado em 1944 no Reino Unido).

O Dia Mundial Vegano tem a proposta de levar consciência às pessoas

O vegano exclui todo tipo de carne, laticínios, ovos ou qualquer produto proveniente de animais da sua alimentação. Ele estende essa exclusão para os demais aspectos de sua vida por ética, compaixão e reconhecimento dos direitos dos animais. Desta forma, na medida do possível e praticável, não consome produtos de origem animal ou que foram testados em animais. Ele também se preocupa com o meio ambiente e com a saúde, se tornando mais consciente ao fazer escolhas. Saiba mais sobre o veganismo aqui.

Devido ao crescente número de pessoas adeptas do veganismo no mundo todo, está cada vez mais fácil seguir com esta filosofia de vida. Felizmente, hoje em dia já existem diversas alternativas acessíveis que não usam nenhum tipo de produto de origem animal.

Se você deseja colocar em prática pelo menos algumas das ações veganas para começar uma grande transformação na sua vida, podemos ajudar com algumas dicas disponibilizadas no nosso portal:

– Aprenda receitas novas sem ingredientes de origem animal e cozinhe para a família e amigos (confira sugestões aqui);

– Amplie sua compaixão e reflita sobre a vida dos animais de criação para consumo e todo o sofrimento a que são submetidos desde que nascem, até o momento do abate;

– Converse com seus amigos sobre o vegetarianismo e saiba o que cada pessoa pensa sobre o assunto. Troquem informações, façam um debate, discutam o tema de forma aberta, sempre respeitando a opinião uns dos outros;

– Assista a alguns vídeos sobre o tema (indicamos alguns deles aqui);

– Vá a algum restaurante, café, doceria ou lanchonete que ofereça alimentação vegetariana e descubra novos sabores (sugestões de lugares aqui);

– Leia sobre os impactos da alimentação onívora no meio ambiente e suas implicações na saúde das pessoas (no portal Mimi Veg oferecemos artigos e notícias sobre meio ambiente e alimentação).

O principal sentimento que move os veganos é a luta pelos direitos dos animais, que necessitam ser respeitados e reconhecidos. Acreditam que eles também são seres sencientes e, como os humanos, são capazes de sentir felicidade, tristeza, dor, prazer, sofrimento. Assim como nos cabe respeitar, amar e sentir compaixão uns pelos outros, também precisamos estender os mesmos sentimentos aos animais não-humanos. E essa relação é fundamental para transformamos o mundo em um lugar melhor para todos.

“Não haverá paz sobre a Terra enquanto o amor não se estender a toda a criação.” (Albert Schweitzer)

*Imagem: divulgação



Deixe seu comentário